Cerca de 350 policiais da região Norte se reuniram em Assembléia na tarde desta quarta-feira(17/07), na Câmara de Vereadores de Joinville. Após rejeitarem a proposta do Governo, os Policiais seguiram vestidos de camisetas pretas e com faixas pela avenida Hermann August Lepper até o Centreventos Cau Hansen, onde ocorre o Festival de Dança.

 A manifestação faz parte do estado de greve da categoria, que pode paralisar todas as atividades no próximo dia 25. Os policiais permaneceram nas escadarias da arena com faixas e cartazes até o começo da noite de abertura do evento.

 “Não fizemos barulho. Nossa questão é apenas visual, não queremos atrapalhar a cidade de Joinville. Mas, precisamos alertar a população para o descaso do governo”, disse o representante sindical da região Norte, Cláudio Medeiros.

De acordo com o Sindicato dos Policiais Civis de Santa Catarina (Sinpol/SC), desde 2007 a corporação já perdeu quase 1.000 policiais. Isso em razão dos baixos salários que não retém o servidor na instituição. Segundo o presidente do Sinpol/SC, Anderson Vieira Amorim, a Polícia Civil de Santa Catarina recebe um dos piores salários do Brasil.

“Os policiais querem ser reconhecidos como técnicos jurídicos. Temos esse cargo, mas não somos pagos como tal”, disse Anderson Vieira Amorim.

Fonte: Policia Civil