Por volta de 15:00 a Polícia Militar foi acionada na Rua Vicente Marcos Silva , bairro Tajuba II, em São João Batista, onde dois suspeitos haviam tentado pular o muro de uma residência com intuito suspeito, quando uma vizinha viu a ação e desconfiou, onde ligou para a policia. Após perceber que a vizinha estava percebendo a ação, os suspeitos  empreenderam fuga sentido centro em um celta de cor vermelha. De posse das características a guarnição de São João Batista imediatamente transmitiu a informação para as demais cidades do Vale, e alguns instantes depois o veículo ocupado pelos suspeitos foi abordado na cidade de Canelinha e os ocupantes reconhecidos pela vítima. Ambos foram conduzidos à Delegacia de Polícia para as devidas providências.

Um dos conduzidos identificado como Lucas, 20 anos, já possui 14 (quatroze) passagens criminais pela prática de diversos crimes em diversas cidades do Estado, entre eles furto de residências, receptação, ameaça, posse de drogas etc. O segundo conduzido, identificado como Romário, 24 anos, também possui uma ficha criminal com 33 (trinta e três) passagens por diversos crimes, entre eles furto de residências, receptação, drogas furto de veículos etc. porém, agracidados pelos benefícios da lei brasileira, permanecem em liberdade a cada crime que cometem, obrigando a polícia prendê-los sucessivamente sem resultados efetivos, gerando uma falsa sensação de inoperância das instituições policiais que são o braço mais visível do Estado e arcam com todo o peso da insegurança.

Após os procedimentos os suspeitos foram liberados por não haver fragrante.